sábado, 6 de junho de 2009

O DIP (DOMINGO DA IGREJA PERSEGUIDA) É AMANHÃ- NÃO CESSEMOS DE ORAR E LUTAR



O DIP (DOMINGO DA IGREJA PERSEGUIDA) É AMANHÃ- NÃO CESSEMOS DE ORAR E LUTAR

Em conversa com o irmão Serginho ele me disse que havia conversado com o Missionário Henrique e que ele disse que no dia 04/06/09 houve uma tentativa de golpe de Estado em Guiné- Bissau.
Nessa tentativa de golpe morreram 5 pessoas e um dos candidatos à presidência acabou sofrendo uma tentativa de assassinato.
Em virtude desses acontecimentos o comércio fechou as portas procurando se preservar não somente de eventuais saques, mas também a própria vida, porque uma multidão enfurecida acaba fazendo coisas que normalmente não faria.
Não bastasse essa situação, o Missionário Herbert sofreu um acidente de carro no dia 03/06. Ele estava dirigindo em uma estrada da região e acabou se chocando ao que parece em uma Van, mas felizmente o Senhor estava a seu lado e ninguém se machucou com gravidade. Tudo não passou de um grande susto e ficaram apenas nos prejuízos materiais com o carro que se não era nenhuma Ferrari, acabou ficando um pouco mais sucateado agora (rs), mas o Senhor é com eles e providenciará os reparos como tem providenciado tudo até o momento.
O mais importante é que o Senhor tem ouvido não somente as nossas orações intercessórias por eles, mas demonstrou estar ao lado deles o tempo inteiro.
Seus ministérios estão prosperando.
O Hospital iniciou suas atividades esse mês e o Missionário Henrique espera que o Senhor mande não somente a cura física para os pacientes, mas principalmente a cura da alma, pois o Senhor mesmo disse que veio buscar e SALVAR os que estavam perdidos (Lucas 19.10).
O missionário Henrique reiterou seus pedidos de orações por todos que trabalham e residem na região.
Como mencionamos no e-mail que falamos sobre a realização da DIP, se muito embora eles não sofram perseguição religiosa como nas regiões muçulmanas, budistas ou comunistas, eles não deixam de sofrer perseguições e lutas espirituais. Com toda certeza o inimigo não deixará que a obra que o Senhor lhes confiou prossiga calmamente. Tentará impedir, mas a porta que o Senhor abre ninguém fecha.
A luta espiritual é constante, por essa razão não deixemos de orar não apenas pelos missionários que temos mais contato, como os irmãos Herbert e Desiré, o casal Mapingue, o Missionário Henrique e Rosimeire Ada e seus filhos Samuel, Rúben e Rebeca e a equipe do hospital Isabel, Eugênia, Pastor Carlos e Ana, Maritza, Geane e Bene, mas por todos os irmãos e irmãs que estão pregando a Palavra de Deus por todo esse mundo e não nos esqueçamos de orar pelos irmãos que se converteram nos países onde a perseguição religiosa é sempre mais cruenta. Basta visitar o site da Missões Portas Abertas ( http://www.portasabertas.org.br ) e poderemos ver a situação desses irmãos
Com certeza esse domingo (07/06) será um marco em nossas vidas, pois creio que aqueles que participarem das atividades programadas não iniciarão a semana da mesma forma como a terminaram, mas (e essa é a nossa oração) o Espírito Santo de Deus irá fazer germinal nos corações de todos a semente do amor incondicional ao próximo, principalmente por aqueles que ainda não tiveram um encontro com o Senhor Jesus e estão caminho para o Inferno se nós, os cristãos verdadeiramente nascidos de novo, não detivermos esse percurso apresentando a mensagem da Salvação de que tanto necessitam.
Além das orações e das palestras proferidas, o irmão Serginho apresentará um filme e dois vídeos que transformarão a vida dos que os assistirem.
O Senhor está esperando por cada um de nós. Não O desapontemos.
Antonio Carlos

DIP- DOMINGO DA IGREJA PERSEGUIDA- MISSÕES É UMA QUESTÃO DE AMOR!


MISSÕES É UMA QUESTÃO DE AMOR

Neste domingo, 07 de junho inúmeras igrejas espalhadas pelo mundo dedicarão uma programação especial durante todo o dia visando conscientizar todos os cristãos sobre as dificuldades que enfrentam muitos irmãos que pregam o Evangelho em países onde a Palavra de Deus é não somente proibida, mas podem levar à prisão e à morte os seus porta-vozes.
Temos a felicidade de residir em um país onde, até a presente data, é permitido que a Palavra de Deus seja pregada a todas as pessoas livremente, mas, infelizmente esse não é o caso de tantos irmãos e irmãos que ao atenderem o chamado do Senhor se dispuseram em Suas mãos para levar a mensagem de Salvação aonde a grande maioria não poderia ou até mesmo não gostaria de ir.
São irmãos e irmãs que não temem perder a própria vida para cumprirem o Ide de Jesus (Mt 28.16).
Não nos esqueçamos que a perseguição não atinge somente os missionários e suas famílias, mas também e principalmente aos que se convertem. Quando um membro de uma família residente em países muçulmanos, budistas ou comunistas entrega sua vida a Jesus, começa a ser perseguido sem tréguas. É abandonado por toda a sua família e não poucas vezes são entregues às autoridades policiais para serem torturados até negarem sua nova fé e retornarem à antiga ou serem mortos.
Como não poderia deixar ser, nossa igreja também está engajada nessa luta em favor de nossos irmãos que pertencem à Igreja Perseguida.
Os missionários mantidos pela IBRAV (Igreja Batista Renovada Água da Vida) não estão residindo em países onde a perseguição religiosa é tão intensa como nos países muçulmanos, budistas ou comunistas, mas nem por isso deixam de ter suas dificuldades para que a Palavra de Deus alcancem os corações.
Muitos deles se deparam com religiões animistas, onde a bruxaria e a feitiçaria são comuns entre a população, por isso necessitam sempre de nossas orações intercessórias para que o Senhor lhes conceda Poder e autoridade para exercerem seus ministérios nessas regiões.
Todos devemos participar ativamente da programação que foi preparada pelos irmãos responsáveis.
Teremos, além de nossas orações, a apresentação de filmes, vídeos e palestras sobre missões e principalmente sobre as atividades da Igreja Perseguida.
Tenho certeza que depois de participarem das atividades da DIP vocês nunca mais serão os mesmos, especialmente no que diz respeito à Missões e Evangelização.
Convocamos principalmente os jovens para se engajarem não somente nas atividades desse domingo, mas para colaborarem continuamente para que a luta enfrentada por esses irmãos espalhados por diversos países não seja vã.
Abaixo transcrevemos algumas explicações dadas pelos irmãos da Missão Portas Abertas sobre as atividades do DIP (Domingo da Igreja Perseguida).
Assista ao vídeo abaixo e veja qual a situação da Igreja Perseguida.

Antonio Carlos,
aprendiz de servo.


O que é o Domingo da Igreja Perseguida?
O Domingo da Igreja Perseguida (DIP) foi criado pelo Irmão André, fundador da Portas Abertas, com o objetivo de unir cristãos em torno de um só motivo: nossos irmãos que pagam um alto preço por sua fé.
A data varia de ano em ano, pois é marcada para o domingo seguinte ao de Pentecostes. Esse critério foi adotado porque, no relato bíblico em Atos 4, o início das perseguições aos cristãos acontece logo após a descida do Espírito Santo, com a prisão de Pedro e João. Simbolicamente, pode-se dizer que essa foi a "fundação" da Igreja Perseguida.

Organizadores voluntários mobilizando igrejas para o DIP

Em 2008, 1.719 igrejas brasileiras participaram do DIP. Essa mobilização só foi possível graças à ação de voluntários – pessoas que conhecem a causa da Igreja Perseguida e se prontificam a divulgar, em suas igrejas e comunidades, as necessidades dos nossos irmãos perseguidos.
Em 2009, o DIP acontecerá no dia 7 de junho. Precisamos de sua ajuda para envolver um número maior de participantes. Até que todas as igrejas brasileiras conheçam a realidade dos cristãos perseguidos, não podemos nos acomodar!

Um dia inteiro de atividades: você escolhe a melhor para sua igreja

Um dia inteiro dedicado à oração e à lembrança desses irmãos que sofrem por sua fé! Irmãos que são exemplo de perseverança e de amor ao nosso Deus. As classes de escola dominical, as reuniões dos departamentos e os cultos desse dia poderão ser inteiramente dedicados ao DIP.
Esta é uma oportunidade para envolver adultos, jovens, adolescentes e crianças da Igreja brasileira com a Igreja Perseguida. E isso é feito por meio da oração e do relato de histórias e variadas situações vividas por nossos irmãos perseguidos.
Fonte: http://www.portasabertas.org.br/DIP/domingo.asp




quinta-feira, 4 de junho de 2009

DIP- DOMINGO DA IGREJA PERSEGUIDA- MISSÕES É UMA QUESTÃO DE AMOR!


MISSÕES É UMA QUESTÃO DE AMOR

Neste domingo, 07 de junho inúmeras igrejas espalhadas pelo mundo dedicarão uma programação especial durante todo o dia visando conscientizar todos os cristãos sobre as dificuldades que enfrentam muitos irmãos que pregam o Evangelho em países onde a Palavra de Deus é não somente proibida, mas podem levar à prisão e à morte os seus porta-vozes.
Temos a felicidade de residir em um país onde, até a presente data, é permitido que a Palavra de Deus seja pregada a todas as pessoas livremente, mas, infelizmente esse não é o caso de tantos irmãos e irmãos que ao atenderem o chamado do Senhor se dispuseram em Suas mãos para levar a mensagem de Salvação aonde a grande maioria não poderia ou até mesmo não gostaria de ir.
São irmãos e irmãs que não temem perder a própria vida para cumprirem o Ide de Jesus (Mt 28.16).
Não nos esqueçamos que a perseguição não atinge somente os missionários e suas famílias, mas também e principalmente aos que se convertem. Quando um membro de uma família residente em países muçulmanos, budistas ou comunistas entrega sua vida a Jesus, começa a ser perseguido sem tréguas. É abandonado por toda a sua família e não poucas vezes são entregues às autoridades policiais para serem torturados até negarem sua nova fé e retornarem à antiga ou serem mortos.
Como não poderia deixar ser, nossa igreja também está engajada nessa luta em favor de nossos irmãos que pertencem à Igreja Perseguida.
Os missionários mantidos pela IBRAV (Igreja Batista Renovada Água da Vida) não estão residindo em países onde a perseguição religiosa é tão intensa como nos países muçulmanos, budistas ou comunistas, mas nem por isso deixam de ter suas dificuldades para que a Palavra de Deus alcancem os corações.
Muitos deles se deparam com religiões animistas, onde a bruxaria e a feitiçaria são comuns entre a população, por isso necessitam sempre de nossas orações intercessórias para que o Senhor lhes conceda Poder e autoridade para exercerem seus ministérios nessas regiões.
Todos devemos participar ativamente da programação que foi preparada pelos irmãos responsáveis.
Teremos, além de nossas orações, a apresentação de filmes, vídeos e palestras sobre missões e principalmente sobre as atividades da Igreja Perseguida.
Tenho certeza que depois de participarem das atividades da DIP vocês nunca mais serão os mesmos, especialmente no que diz respeito à Missões e Evangelização.
Convocamos principalmente os jovens para se engajarem não somente nas atividades desse domingo, mas para colaborarem continuamente para que a luta enfrentada por esses irmãos espalhados por diversos países não seja vã.
Abaixo transcrevemos algumas explicações dadas pelos irmãos da Missão Portas Abertas sobre as atividades do DIP (Domingo da Igreja Perseguida). Adicionamos ainda um vídeo que fala sobre a necessidade de Missões, com o título “MISSÕES É UMA QUESTÃO DE AMOR”.

Antonio Carlos

O que é o Domingo da Igreja Perseguida?

O Domingo da Igreja Perseguida (DIP) foi criado pelo Irmão André, fundador da Portas Abertas, com o objetivo de unir cristãos em torno de um só motivo: nossos irmãos que pagam um alto preço por sua fé.
A data varia de ano em ano, pois é marcada para o domingo seguinte ao de Pentecostes. Esse critério foi adotado porque, no relato bíblico em Atos 4, o início das perseguições aos cristãos acontece logo após a descida do Espírito Santo, com a prisão de Pedro e João. Simbolicamente, pode-se dizer que essa foi a "fundação" da Igreja Perseguida.
Organizadores voluntários mobilizando igrejas para o DIP

Em 2008, 1.719 igrejas brasileiras participaram do DIP. Essa mobilização só foi possível graças à ação de voluntários – pessoas que conhecem a causa da Igreja Perseguida e se prontificam a divulgar, em suas igrejas e comunidades, as necessidades dos nossos irmãos perseguidos.
Em 2009, o DIP acontecerá no dia 7 de junho. Precisamos de sua ajuda para envolver um número maior de participantes. Até que todas as igrejas brasileiras conheçam a realidade dos cristãos perseguidos, não podemos nos acomodar!

Um dia inteiro de atividades: você escolhe a melhor para sua igreja

Um dia inteiro dedicado à oração e à lembrança desses irmãos que sofrem por sua fé! Irmãos que são exemplo de perseverança e de amor ao nosso Deus. As classes de escola dominical, as reuniões dos departamentos e os cultos desse dia poderão ser inteiramente dedicados ao DIP.
Esta é uma oportunidade para envolver adultos, jovens, adolescentes e crianças da Igreja brasileira com a Igreja Perseguida. E isso é feito por meio da oração e do relato de histórias e variadas situações vividas por nossos irmãos perseguidos.