domingo, 30 de janeiro de 2011

Joo-Chan, cristão norte coreano: "Deus, quero viver"

Os guardas da fronteira norte-coreana ajudam a assegurar o isolamento do país

COREIA DO NORTE (1º) - Em dezembro de 2005 um norte coreano que conseguiu fugir para a China escreveu e testemunhou sobre onde recebeu a salvação após estar à beira da morte.
Park Joo-Chan conseguiu ir para a Coreia do Sul, onde estuda teologia e espera o momento de poder voltar ao seu país para anunciar o evangelho de Jesus aos seus conterrâneos.

Park Joo-Chan (nome fictício) já deveria estar morto. Por causa disso, o norte-coreano Park Joo-Chan sabe melhor do que ninguém o que é viver pela graça. Na noite que deveria ter sido a sua última na Terra, ele se ajoelhou pela primeira vez. E Deus o salvou do frio congelante da capital chinesa, Pequim.

Joo-Chan fala com voz baixa, quase inaudível. Estamos na sala de um professor da Universidade de Teologia na cidade de Seul, Coreia do Sul. Joo-Chan está estudando aqui para se preparar para o que está por vir. Ele tem certeza de que um dia Deus irá chamá-lo para retornar a Coreia do Norte. E então ele irá.

É difícil para qualquer um que olhe nos olhos brilhantes de Joo-Chan, 33 anos, entender as imagens que passam por sua cabeça. Ele ainda tem lembranças de seu colégio, onde o sistema de autocrítica era aplicado.

"Todos tinham que ficar de pé (um por vez) na frente da turma e os colegas de classe tinham de dizer o que ele tinha feito de errado. Depois disso, ele tinha que se autocriticar. Você tinha de criticar até seu melhor amigo. Por exemplo, eu disse a ele: "Kim Il Sung disse que você deveria se livrar das tolices, mas você não fez isso" Claro que ele ficou bravo comigo. E ele revidou quando foi a minha vez. Todos nós nos sentíamos muito culpados por ter que dizer essas coisas. Isso causou um rompimento em nossas amizades, mas não duvidávamos da utilidade desse método."

O exército

Quando Joo-Chan completou 17 anos, teve de entrar para o exército.

"Aquele foi o período mais difícil da minha vida. Recebíamos pouquíssima comida. Nunca havia nenhum tipo de carne. Às vezes, recebíamos um pouco de arroz. Em geral, comíamos praticamente só milho. Acabei ficando doente. Não somente por causa da desnutrição, mas também por dormir no chão gelado. Uma das minhas pernas congelou. Nunca me recuperei totalmente disso, essa perna não funciona mais normalmente".

"Depois de cinco anos, fui dispensado do Exército por causa da enfermidade, quando eu deveria ter servido por dez anos. Entre dois milhões de soldados, relativamente poucos estão envolvidos em treinamentos. A maior parte deles trabalha na terra ou nas fábricas. As pessoas estavam subnutridas, doentes ou feridas em incontáveis acidentes. Hepatite e tuberculose eram doenças comuns."

Além de treinar armamento e combate, coisa que os soldados faziam por um mês inteiro a cada duas vezes ao ano, eles também eram instruídos na ideologia do Estado.

"Tínhamos de ver a Coreia do Norte e a do Sul como uma só nação. Já havíamos sido libertados graças a Kim Il Sung. O Sul ainda estava sob a opressão dos norte-americanos. Além disso, eles eram os responsáveis por todas as coisas ruins e a escassez na República Popular Democrática da Coreia, como é oficialmente conhecida a Coreia do Norte. Em certas ocasiões, considerávamos o cristianismo e aprendi que essa religião era norte-americana e depravada. Eu não me lembro muito mais sobre isso".

Fome

A fome surgiu na época em que Kim Il Sung morreu, em 1994. Joo-Chan percorreu o país inteiro atrás de comida, mas em 1998 ele decidiu ir para a China com um amigo:

"Eu não podia dizer nada aos meus pais. Se eu tivesse dito a eles o meu plano, isso os teria colocado em grande perigo.

No dia da nossa fuga, meu amigo e eu fomos para as montanhas, nos escondemos e esperamos anoitecer. Não conseguíamos enxergar nada à nossa frente quando descemos o rio. Tivemos de nadar para chegar ao outro lado. Não tínhamos nada conosco, apenas as roupas que estávamos usando".

Quando chegaram à China, eles foram para a casa de alguns sino-coreanos.

"Eles eram cristãos. Eu tinha muito preconceito contra eles, mas não tinha escolha, precisei engolir o preconceito. Eles nos ajudaram, não tínhamos mais ninguém. Por meio da vida da esposa, em especial, que normalmente ficava em casa, percebemos que os cristãos eram pessoas generosas. Nesse caso, foi assim no começo, mas, quanto mais norte-coreanos fugiam de lá, mais rigorosa ficava a busca da polícia.

O casal ficou com medo e se tornou menos amigável. Eu também estava nervoso. Meu amigo e eu não podíamos ficar juntos. Ele foi trabalhar em um restaurante na cidade. Eu fui para uma construção fora da cidade. Um dia, ele não retornou para a casa novamente. A polícia fez buscas sistemáticas na indústria alimentícia à procura de imigrantes ilegais. Eles o pegaram e o mandaram de volta... Eu nunca mais ouvi falar dele."

Joo-Chan ficou arrasado, e se tornou cada vez mais depressivo. Ele ficou doente e até precisou de uma bengala para poder andar. Ele foi à igreja procurar ajuda.

"Eu tinha ouvido em uma estação de rádio coreana que os cristãos coreanos, frequentemente, ajudavam os refugiados. A igreja queria ajudar, mas não podia. Entretanto, eles arrecadaram dinheiro e pude comprar uma passagem de trem para Pequim. Eu queria me inscrever na embaixada sul-coreana, mas eu estava tão mal e as minhas roupas estavam tão gastas que a polícia iria ver imediatamente que eu era um refugiado norte-coreano".

Salvação

Em Pequim, o dinheiro de Joo-Chan acabou logo e a sua saúde se deteriorou rapidamente.

"Uma noite eu tive uma certeza: aquela seria a minha última noite. Eu estava deitado perto de um edifício e sabia que iria morrer. Então, pela primeira vez, eu me ajoelhei e orei ao Deus dos cristãos. Eu disse: "Deus, não tenho nem trinta anos. Não quero morrer ainda. Quero viver".

Depois disso, eu dormi. Ele respondeu à minha oração. Eu não morri congelado naquele dia! No dia seguinte, conheci um sino-coreano que, sem mais nem menos, se ofereceu para me ajudar. Ele me apresentou uma Igreja. Lá eles tinham dinheiro suficiente para pagar uma operação para mim. Após a operação, eu tive certeza: "Deus existe! Ele me salvou"".

Essa salvação trouxe uma mudança radical na vida de Joo-Chan.

"Nos três anos seguintes, eu li a Bíblia umas cem vezes. Eu não entendia nada, mas me comoveu muito, em especial, a passagem de João, capítulo 21, no qual Jesus diz a Pedro que quando ele era jovem ele se vestia sozinho, mas que quando ele estivesse velho, alguém o vestiria. Eu vi isso como um exemplo de como Deus assume a direção da vida de uma pessoa.

Eu estava tão feliz porque Deus queria me guiar também. Só após ter sido salvo por Deus é que comecei a me dar valor. Entrei em contato com o irmão Peter, da Portas Abertas. Ele me apresentou ao grupo de estudo da Bíblia para norte-coreanos. Esses cristãos queriam voltar à Coreia do Norte para disseminar o evangelho para as pessoas de lá. Mas Deus não queria que fôssemos ainda. Ele deve ter tido seus motivos. No final, o grupo se desfez."

Coreia do Sul

Em um dado momento, alguns velhos amigos de Joo-Chan, que já estavam na Coreia do Sul, descobriram onde ele estava. Eles enviaram dinheiro para levá-lo à Coreia do Sul. Foi uma viagem longa e perigosa por vários países, mas Joo-Chan finalmente chegou ao seu destino. Apesar da prosperidade em Seul, Joo-Chan pensa apenas na Coreia do Norte:

"Por meio de sonhos, Deus tem me preparado para retornar. Quando eu voltar, quero apenas dizer às pessoas uma coisa: a história da salvação de Jesus. Posso mostrar a eles que ainda estou limitado por causa da minha perna, mas também que Deus me trouxe a salvação e que eu tenho perspectiva de algo melhor no céu".

Pedidos de oração:

Ore para que Deus me use.

Ore por meus estudos teológicos, que são muito difíceis.
Ore pelo meu ministério na Coréia do Sul, onde comecei um grupo de estudo bíblico.
Ore pelos refugiados norte-coreanos, especialmente pelas mulheres (que frequentemente sofrem abusos) e pelas crianças.

*Texto publicado em: 13/12/2006 - Missão Portas Abertas

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Saiba como ajudar os desabrigados da chuva na Região Serrana do Rio

Prefeituras criaram contas bancárias para receber doações.
Supermercados, abrigos e postos da PRF também aceitam donativos.

Fonte: G1 RJ

Postos rodoviários, supermercados e abrigos estão recebendo donativos para ajudar as vítimas da chuva na Região Serrana do Rio. Os desabrigados e desalojados precisam de doações de água potável, alimentos, roupas, cobertores, colchonetes e itens de higiene pessoal, como sabonete, pasta de dente e fralda descartável.

DOAÇÃO DE SANGUE

O HemoRio montou um esquema especial de atendimento. Para doar é preciso estar bem de saúde, ter entre 18 e 65 anos e pesar mais de 50 kg. Não é necessário estar em jejum. A única recomendação é evitar alimentos gordurosos antes da coleta. Interessados devem se apresentar com um documento de identidade. Quem preferir, pode agendar um horário para fazer a doação no telefone 0800 282-0708. O HemoRio fica na Rua Frei Caneca 8, no Centro, e funciona de segunda a domingo, das 7h às 18h.O

O Inca (Instituto Nacional do Câncer) também se juntou ao esforço pela doação de sangue e plaquetas, para dar apoio aos pacientes em tratamento de câncer residentes na região (sejam pacientes do Inca ou de outros hospitais dos municípios afetados). As doações poderão ser agendadas pelos telefones (21) 2506-6021, 2506-6021, 2506-6580 e 2506-6064. O ideal é que a população aguarde até a próxima semana para voltar a doar, já que o sangue estocado tem validade de 35 dias e as plaquetas, apenas cinco.

CONTAS PARA DOAÇÃO EM DINHEIRO

Prefeitura de Teresópolis

Banco: Banco do Brasil
Agência: 0741-2
Conta: 110000-9 (nome “SOS Teresópolis – Donativos”)
Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 4146
Conta: 2011-1
O CNPJ da Prefeitura é 29.138.369/0001-47.

Prefeitura de Nova Friburgo

Banco: Banco do Brasil
Agência: 0335-2
Conta: 120.000-3

Prefeitura de São José do Vale do Rio Preto

Banco: Banco do Brasil
Agência: 0080-9
Conta: 77000-0

Defesa Civil – RJ

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 0199
Operação: 006
Conta: 2011-0

Fundo Estadual de Assistência Social do Estado do Rio de Janeiro

CNPJ 02932524/0001-46
Banco: Itaú
Agência: 5673
Conta: 00594-7

OAB-RJ

Banco: Banco do Brasil
Agência: 2234-9
Conta: 1000-6

Campanha SOS Sudeste (CNBB e Cáritas Brasileira)

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 1041
Operação: 003
Conta: 1490-8

ou

Banco: Banco do Brasil
Agência: 3475-4
Conta: 32.000-5

Associação dos Magistrados do Rio de Janeiro

Banco: Itaú
Agência: 6002
Conta: 37428-5

ou na própria associação, que fica no 4º andar, Bloco J, da Lâmina II do Fórum do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na Av. Erasmo Braga, 115, Centro. Telefone: (21) 3133-2315.

POSTOS PARA DOAÇÕES - PREFEITURAS

Teresópolis

A Prefeitura de Teresópolis informou que as pessoas interessadas em trabalhar como voluntárias para ajudar no atendimento às vítimas das chuvas devem se cadastrar na sede da Defesa Civil, e não mais no Ginásio Pedrão. A Defesa Civil funciona na Rua Júlio Rosa, 444, na Tijuca.

No Ginásio Pedrão (Rua Tenente Luiz Meirelles 211, no bairro Várzea), permanece o cadastro de desabrigados e desalojados e a entrega de doações de mantimentos. Já as doações de medicamentos devem ser encaminhadas para a Secretaria de Saúde (Av. Feliciano Sodré, 675 – 3º piso Centro – Prefeitura).

Doações de móveis vão para o galpão próximo ao Pedrão, localizado na Rua Garcia Menezes de Aragão, 51, Várzea, Centro. A Secretaria de Obras está aceitando doações de galochas, capas de chuva, pás, enxadas, lonas pretas, que devem ser entregues na Rua Fritz Weber, Várzea, próximo a rodoviária e ao mercado popular.

Petrópolis

A Prefeitura de Petrópolis está solicitando que todas as doações sejam encaminhadas para o CIEP de Corrêas e não mais para o CIEP de Itaipava que já está com sua capacidade de armazenamento lotada. As doações devem ser entregues na Estrada União e Indústria, 2.822, em frente ao terminal de transporte público, em Corrêas.

A Prefeitura de Petrópolis solicita que as pessoas que desejam fazer doações ao município, enviem mantimentos, material de limpeza e higiene pessoal, lençois e roupa de cama. Não há mais necessidade de roupas. O número de roupas doadas já ultrapassa a necessidade dos moradores afetados pelas chuvas na região de Itaipava.


DEMAIS POSTOS PARA DOAÇÕES

Museu Imperial

O Museu Imperial montou um posto de coleta de donativos. Além disso, os visitantes poem opatar por pagar a entrada com uma doação diretamente na bilheteria. O item de maior urgência é água potável, que pode ser trocada pelo ingresso com uma doação de, no mínimo, 1,5 litro. Também são recebidos itens de higiene pessoal, roupas, alimentos não perecíveis, roupa de cama, cobertores, colchonetes e toalhas. O ponto de coleta do museu é no prédio da biblioteca, no saguão em frente à sala multimídia, com acesso pelo bosque do imperador (praça do Cenip). Para trocas de doações por ingressos, os visitantes devem se dirigir diretamente à bilheteria.

Polícia Militar

Todos os batalhões da PM do Rio de Janeiro vão receber doações a partir desta quinta-feira (13). Os comandantes dos batalhões recomendam a doação de água mineral, alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal.

Em São Paulo, todos os batalhões da Capital e do interior receberão alimentos não perecíveis, roupas, lençóis, cobertores, colchões, colchonetes, materiais de limpeza e higiene, água potável e remédios.

Rodoviárias

A Rodoviária Novo Rio recebe doações para a Cruz Vermelha. Os donativos serão recebidos no piso de embarque inferior, das 9h às 17h.

A Rodoviária Roberto Silveira, em Niterói, também é ponto de arrecadação de donativos. O material coletado será levado até Nova Friburgo nos ônibus da Viação 1001, que também vai receber doações em suas garagens

Veja os pontos abertos pela Auto Viação 1001 em todo o Estado do Rio e São Paulo para coleta e transporte de mantimentos:

Niterói - Av. do Contorno, S/N - Barreto
Cabo Frio - Av. Teixeira e Souza, 1263 - Vila Nova
Campos dos Goytacazes - Av. Nilo Peçanha, 426 - Queimados
Itaperuna - Av. Deputado Carlos Pinto Filho, 480 - Centro
Rio das Ostras - Rodovia Amaral Peixoto, 10.203 - Centro
Macaé - Rodovia Macaé - Glicério S/N - Botafogo
São Paulo - Rua Coronel Marques Ribeiro, 325 - Vila Guilherme

Cruz Vermelha

A Cruz Vermelha está cadastrando voluntários para ajudar na triagem do material arrecadado para vítimas das chuvas na Região Serrana. Quem quiser colaborar deve procurar a sede da entidade no Rio, na Praça da Cruz Vermelha 10, no Centro.

Segundo o presidente da filial Rio, Luiz Alberto Lemos Sampaio, o mais importante agora é coletar alimentos não perecíveis, água, leite, além de roupa de cama e banho. Os donativos podem ser entregues no posto instalado na Rodoviária Novo Rio, na sede da Cruz Vermelha e nos quartéis do Corpo de Bombeiros.

Estádios
A Secretaria estadual de Esporte e Lazer montou uma rede de solidariedade. Os estádios do Maracanãzinho e Caio Martins (em Niterói) recolhem doações. As contribuições podem ser: garrafas de água potável, fraldas, material de higiene pessoal, colchonetes, alimentos não perecíveis, roupas e agasalhos. O Maracanãzinho recebe doações das 8h às 20h - Entrada pelo portão 12A. No Caio Martinns, o horário é o mesmo e a entrada é pelo portão principal na Avenida Roberto Silveira, em Icaraí.

Viva Rio

O Programa de Voluntariado do Viva Rio também iniciou uma campanha de arrecadação de roupas e mantimentos para a região serrana do Rio de Janeiro, especialmente Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Para ajudar, basta fazer a doação na sede do Viva Rio (Rua do Russel, 76, Glória) ou através de depósito bancário na conta do Viva Rio, no Banco do Brasil, agência 1769-8, conta-corrente 411396-9 e CNPJ: 00343941/0001-28. Para mais informações o Viva Rio disponibiliza os telefones (21) 2555-3750 e (21) 2555-3785.

A ONG também estará recebendo donativos em todas as unidades das Lojas Americanas no Rio e nas estações do metrô de General Osório, Siqueira Campos, Botafogo, Carioca, Glória, Largo do Machado, Catete, Central do Brasil, Saens Peña, Nova América e Pavuna

Rodovias

A Polícia Rodoviária Federal recebe doações nos seus 25 postos ao longo de 1.400 km de rodovias federais fluminsenses. Quem quiser colaborar pode ligar para o telefone 191, que funciona 24h, e saber onde fica o ponto mais próximo de sua casa. A PRF alerta que há maior necessidade por cuecas, calcinhas e sutiãs novos, material de limpeza, roupas e papinhas de bebê, além de alimentos enlatados prontos para consumo. Os donativos serão repassados à Cruz Vermelha.

A Concessionária Rio-Teresópolis (CRT) está recebendo doações de garrafas de água potável, remédios, alimentos não perecíveis, roupas, cobertores, colchonetes e itens de higiene pessoal como sabonete, pasta de dente e fralda descartável, nas cabines da Praça de Pedágio no km-133,5 da Rio-Teresópolis-Além Paraíba (BR-116/RJ), em Piabetá. Para grandes quantidades, os doadores devem dirigir-se ao Centro de Atendimento ao Usuário, que fica na pista sentido Rio a 300 metros da praça de pedágio.

Outros estados: .todos os 270 postos de fiscalização da PRF nas regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste também funcionam como pontos de coleta de doações. De forma rápida e sem burocracia, o cidadão que quiser ajudar os desabrigados pelas chuvas na região Sudeste poderá doar alimentos não-perecíveis em qualquer unidade física da PRF instalada em 32 mil quilômetros de rodovias federais. A Polícia Rodoviária Federal não fará coleta de peças de vestuário nem de material de limpeza. Outro ponto que precisa ser observado é a data de validade dos alimentos. Não devem ser encaminhados à PRF donativos que vencerão antes de 30 dias.

BR-101

Autopista Fluminense, concessionária que administra a BR-101 Norte também abriu postos para o recolhimento de doações, na sede administrativa, da empresa, no KM 313, em São Gonçalo, na Região Metropolitano e na sede da Latina Manutenção, no Km 206, em Casimiro de Abreu .

Praça de pedágio:

Km 40 – Campos dos Goytacazes
Km 123 – Campos dos Goytacazes
Km 192 – Casimiro de Abreu
Km 252 – Rio Bonito
Km 299 – São Gonçalo

Bases operacionais:

Km 40 – Campos dos Goytacazes
Km 123 – Campos dos Goytacazes
Km 163 – Macaé
Km 235 – Silva Jardim
Km 282 – Itaboraí
Km 299 – São Gonçalo
Km 319 – Niterói

RJ-116

As quatro praças de pedágio da RJ-116 vão arrecadar donativos. Os locais são Itaboraí, Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo e Macuco. A Rota 116, que administra a via, está usando veículos da empresa para levar o material até as cidades atingidas.

MP

O Ministério Público do estado do Rio de Janeiro recebe doações na portaria do edifício-sede, na Av. Marechal Câmara, 370, no centro do Rio, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

Inea

A sede do Instituto Estadual do Ambiente recebe doações de alimentos não perecíveis, colchonete, material de higiene e limpeza, sobretudo fraldas, e principalmente água. O endereço é Av Venezuela, 110, Praça Mauá - centro do Rio.

Inca

Hospital do Câncer I – Praça Cruz Vermelha, nº23 – Centro.
Hospital do Câncer II – Rua Equador, nº831 - Santo Cristo.
Hospitais do Câncer III e IV, Rua Visconde Santa Isabel, nº274 – Vila Isabel.
Coordenação Geral de Administração do INCA- Rua do Rezende, nº128 – Centro.

Escolas de samba

As escolas de samba do Rio também estã recebendo donativos. Há postos de coleta na Cidade do Samba e nos barracões das escolas, na Gamboa. O Salgueiro arrecada alimentos não perecíveis, água, roupas e cobertores. As doações podem ser levadas à quadra da escola, que fica na Rua Silva Teles, 104, no Andaraí.

Tijuca Tênis Clube

A sede do clube recebe doações. O endereço é Rua Conde do Bonfim, 451 -- Tijuca. IInformações pelo telefone: 3294-9300.

AMaLeblon

A Associação de Moradores do Leblon criou um posto de coleta de donativos, que podem ser entregues no 23º Batalhão, localizado na Av. Bartolomeu Mitre.

Estações do metrô

O Metrô Rio vai disponibilizar a partir de sexta-feira (14), pontos de arrecadação em 11 estações nas linhas 1 e 2. Água, alimentos e produtos de higiene pessoal podem ser doados nas estações Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, Ipanema/General Osório, Pavuna, Saens Peña, Botafogo, Nova América/Del Castilho e Siqueira Campos.

Flamengo

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, anunciou que o clube também receberá, na sede da Gávea, donativos para desabrigados pelas chuvas na Região Serrana.

FIA

A Fundação da Infância e Adolescência abriu dois postos de doação: Rua Voluntários da Pátria, 120, Botafogo e Rua General Castrioto, 589, Barreto, em Niterói. Desde ontem (12) a entidade enviou 60 toneladas de alimentos e dois mil colchões para a região.

Shoppings também vão receber donativos

Bangu Shopping - Rua Fonseca, 240 - Bangu. Tel.: 2430-5130.
Carioca Shopping - Av. Vicente de Carvalho, 909 - Vila da Penha. Tel.: 2430-5120.
Caxias Shopping - Rodovia Washington Luiz, 2895, Duque de Caxias. Tel: 2430-5110
Passeio Shopping - Rua Viúva Dantas 100 - Campo Grande. Tel.: 2414-0003.
Santa Cruz Shopping - Rua Felipe Cardoso 540 - Santa Cruz. Tel.: 2418-9400.
Shopping Grande Rio - Rodovia Presidente Dutra, 4.200 - São João de Meriti. Tel.: 2430-5111
Via Parque Shopping - Av. Ayrton Senna, 3.000 - Barra da Tijuca. Tel.: 2430-5100.
Shopping Leblon - Av. Afrânio de Melo Franco, 290 - Leblon. Tel.: 2430-5122.Boulevard Shopping São Gonçalo - doações no 1o andar do estabelecimento.
Center Shopping Rio - Avenida Geremário Dantas, 404 - Jacarepaguá
Fashion Mall - Estrada da Gávea, 899 - São Conrado.
Ilha Plaza - Av. Maestro Paulo e Silva, 400 - Ilha do Governador
NorteShopping - Av. Dom Hélder Câmara, 5474 - Cachambi
Plaza Shopping - Rua XV de Novembro, 8 - Centro, Niterói.
Rio Plaza Shopping - Rua General Severiano, 97 - Botafogo
Recreio Shopping - Av. das Américas, 19.019 - Recreio dos Bandeirantes
Shopping Tijuca - Av. Maracanã, 987 – Tijuca
West Shopping - Estrada do Mendanha, 555 - Campo Grande

Arquidiocese do Rio

A Cáritas Arquidiocesana do Rio recebe doações em dinheiro em duas contas: Bradesco, Agência 0814-1, conta corrente 48500-4 e Banco do Brasil, Agência 3114-3, conta corrente 30000-4. Doações em espécie podem ser deixadas na Catedral de São Sebastião (Avenida Chile 245, no Centro). Haverá pontos de recolhimento na Cáritas e também na entrada da igreja, de 9h às 18h.

Ponte Rio-Niterói

A concessionária que administra a Ponte Rio-Niterói colocou um container para receber doações junto à praça de pedágio, à direita de quem segue no sentido Niterói. Mais informações: (21) 2620-9333.

Sesc, Senac e Fecomércio

As unidades do Sesc Rio e Senac Rio e a sede do Sistema Fecomércio-RJ estão coletando água mineral, alimento não perecível, roupas de cama e banho, material de limpeza e de higiene pessoal e colchões para as vítimas das enchentes na região serrana. As unidades do Sesc receberão as doações de terça a domingo, das 9h às 17h. Os pontos de coleta são:

Sede do Sistema Fecomércio-RJ - Rua Marquês de Abrantes, 99, Flamengo, de segunda a sexta, das 9h às 18h
Sesc Copacabana – Rua Domingos Ferreira, 160
SescTijuca – Rua Barão de Mesquita, 539
Sesc Ramos – Rua Teixeira Franco, 38
Sesc Madureira – Rua Ewbanck da Câmara , 90
Sesc São Gonçalo – Avenida Presidente Kennedy, 755
Sesc Niterói – Rua Padre Anchieta, 56 – Centro
Sesc São João de Meriti – Avenida Automóvel Clube, 66 –
Sesc Nova Iguaçu – Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá
Sesc Teresópolis – Av. Delfim Moreira, 749 – Centro
Sesc Quitandinha (Petrópolis) – Avenida Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha

Unidades Senac Rio:
Horários de coleta das 9h às 19h, de segunda a sexta. Aos sábados, das 9h às 12h.

Niterói – Rua Almirante Teffé, 680 – Centro
Copacabana – Rua Pompeu Loureiro, 45
Marapendi – Avenida das Américas, 3959 – Barra da Tijuca
Faculdade Senac Rio – Rua Santa Luzia, 735 – Centro
Botafogo – Rua Bambina, 107

Sesi e Senai

O Sesi iniciou campanha de arrecadação de donativos para as vítimas das chuvas na Região Serrana, instalando postos de coletas e suas unidades no estado. O horário de funcionamento é das 8h às 17. Veja os endereços:

Sesi - Barra do Piraí - Av. Mário Salgueiro, 1.065 - Bairro Belvedere - Barra do Piraí
Senai - Barra do Piraí - Rua Alan Kardeck, s/nº - Muqueca - Barra do Piraí
Sesi - Barra Mansa - Av. Dário Aragão, 2 - Centro - Barra Mansa
Senai - Barra Mansa - Rua Senhor do Bonfim, 130 - Saudade - Barra Mansa
Sesi/Senai Benfica - Praça Natividade Saldanha, 19 - Benfica. Tel.: (21) 2587-4800
Senai - Campos - Rua Bruno de Azevedo, 37 - Pq. Tamandaré Campos dos Goytacazes
Sesi - Campos - Av. Deputado Bartolomeu Lysandro, 862 - Guarus – Campos dos Goytacazes
Sesi/Senai - Cinelândia - Rua Santa Luzia, 685 - 5º andar - Centro - Rio de Janeiro
SesiI - Duque de Caxias - Rua Artur Neiva, 100 - Bairro 25 de Agosto - Duque de Caxias
Senai - Duque de Caxias - Rua Arthur Goulart, 124 - Centro - Duque de Caxias
Sesi - Honório - Rua Loreto do Couto, 673 – Honório Gurgel
Sesi - Itaperuna - Av. Dep. José de Cerqueira Garcia, 883 - Bairro Presidente Costa e Silva - Itaperuna
Senai - Itaperuna - Av. Zulamith Bittencourt, 190 – 1º e 2º andar - Cidade Nova – Itaperuna
Sesi - Jacarepaguá - Av. Geremário Dantas, 342 - Tanque - Jacarepaguá - Tel.: (21) 3382-9999/9950
Senai - Jacarepaguá - Av. Geremário Dantas, 940 – Freguesia – Jacarepaguá
Sesi/Senai - Laranjeiras - Rua Esteves Júnior, 47 - Laranjeiras e Rua Ipiranga, 75 - Laranjeiras
Sesi - Macaé - Alameda Etelvino Gomes, 155 - Riviera Fluminense - Macaé
Senai - Macaé - Av. Prefeito Aristeu Ferreira da Silva, 70 - Novo Cavaleiro - Macaé
Senai - Maracanã - Rua São Francisco Xavier, 417 – Maracanã
Senai - Mendes - Rua Professor Paulo Sérgio Nader Pereira, nº 250 - Centro - Mendes
Senai - Niterói - Rua General Castrioto, 460 - Barreto - Niterói
Sesi/Senai - Nova Iguaçu - Rua Gerson Chernicharo, s/nº - Bairro da Luz - Nova Iguaçu
Sesi - Petrópolis - Av. Barão do Rio Branco, 2.564 - Centro - Petrópolis
Senai - Petrópolis - Rua Bingen, 130 - Bingen - Petrópolis
Sesi - Resende - Rua Marcílio Dias, 468 - Jardim Jalisco - Resende
Senai - Resende - Rua Sarquis José Sarquis, 156 - Jardim Jalisco - Resende
Sesi/Senai – Santa Cruz - Rua Felipe Cardoso, 713 – Santa Cruz
Senai -Solda - Rua São Francisco Xavier, 601 - Maracanã - Tel.: (21) 3978-8700
Sesi/Senai - Tijuca - Rua Morais e Silva, nº 53 - Tijuca - Rio de Janeiro
Sesi/Senai - Vicente de Carvalho - Av. Pastor Martin Luther King Jr. (antiga Av. Automóvel Clube), 6475 - Vicente de Carvalho - Rio de Janeiro
Sesi/Senai - São Gonçalo - Rua Nilo Peçanha, 134 – Centro - São Gonçalo
Sesi - Três Rios - Av. Tenente Enéas Torno, s/no Margem Esquerda - Centro - Três Rios
Senai - Três Rios - Rua Izaltino de Oliveira, 90 - Centro - Três Rios
Sesi/Senai - Santo Antônio de Pádua - Av. João Jazbik, S/N - Bairro 17 - Santo Antonio de Pádua
Senai - Valença - Rua Comendador Araújo Leite, 320 - Valença - Rio de Janeiro
Senai - Vassouras - Rua Nilo Peçanha, 85 - Vassouras - Rio de Janeiro
Sesi - Volta Redonda - Avenida Lucas Evangelista, 595 - Aterrado - Volta Redonda
Senai - Volta Redonda - Rua Nicanor Teixeira de Carvalho, 1 - Barreira Cravo - Volta Redonda

Secretaria de Estado de Educação

A Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC) está recolhendo em suas unidades escolares da Capital e Região Metropolitana. A SEEDUC destaca a importância da doação de livros infantis, papel, lápis de cera e materiais do gênero para que as crianças desabrigadas possam utilizar, além de material de higiene pessoal e alimentos não perecíveis para as famílias necessitadas.

Colégio Mopi

O colégio Mopi montou postos de arrecadação e as doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, em duas unidades da escola. Estão arrecadando alimentos não perecíveis, roupas e artigos de higiene pessoal. Endereços: Rua Almirante Cóchrane 66 – Tijuca e Estrada da Barra da Tijuca 600 – Itanhangá.

Escola Parque

A escola Parque está arrecadando alimentos não perecíveis, mantas, toalhas, material de higiene e medicamentos para curativo. As contribuições poderão ser feitas entre os dias 17 de janeiro e 4 de fevereiro nas sedes da Barra e da Gávea. Endereços: Rua Pedra de Itaúna 111 - Barra e Rua Marquês de São Vicente 355 - Gávea.

Espaços culturais

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e os espaços culturais do governo recebem doações para vítimas das chuvas. Nos teatros, o horário para doação é o do respectivo espetáculo. São estes os espaços da SEC para doações:

Biblioteca Parque de Manguinhos - Avenida Dom Helder Camara, 1184 - Tel.: (21) 22348915 e (21) 22348917 - De terça a domingo - das 9h às 20h
Biblioteca Estadual Infantil Anísio Teixeira - Rua Lopes Trovão, s/nº - Campo de São Bento – Niterói - Tel: 3719-8385 - De segunda a sexta, das 9h às 17h
Casa de Cultura Laura Alvim - Av. Vieira Souto, 176 – Ipanema - Tel: 2332-2015 - De terça a domingo, das 13h às 21h
Casa de Oliveira Viana - Alameda São Boaventura, 41 – Fonseca – Niterói - Tel: 3601-8220
De terça a sexta, das 10h às 17h
Escola de Artes Visuais do Parque Lage - Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico
- Tel.: 3257 1800 - Diariamente, das 10h às 17h.
Museu Carmem Miranda - Av. Rui Barbosa, s/nº - Parque do Flamengo - Tel: 2334-4293 - De segunda a sexta, das 10h às 17h. Sábados e feriados, das 13h às 17h
Museu do Primeiro Reinado - Av. Pedro II, 293 – São Cristóvão - Telefax: 2332-4513 / 4514 / 4512 - De terça a sexta, das 10h às 17h
Museu do Ingá - Rua Presidente Pedreira, 78 – Ingá – Niterói - Tel: 2717-2903 / 2919 / 2790 / 2893 - De terça a sexta, das 11h às 17h. Sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h
Casa França-Brasil - Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro - Tel; 2332-5120 / 5121
De terça a domingo, das 10h às 20hMuseu da Imagem e do Som - Rua Rui Barbosa, 1 – Centro - Tel: : 2332-9068 / 2332-9067
De segunda a sexta, das 11h às 17h
Theatro Municipal do Rio de Janeiro - Avenida Almirante Barroso, 14/16 - Centro - De segunda a sexta, de meio-dia às 18h
Teatro João Caetano - Praça Tiradentes, s/nº - Centro - Tel: 2332-9166
Teatro Armando Gonzaga - Av. Gal. Oswaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes - Tel: 2332-1040
Teatro Arthur Azevedo - Rua Victor Alves, 454 – Campo Grande -Tel: 2332-7516
Teatro Glaucio Gill - Praça Cardeal Arcoverde, s/nº - Copacabana - Tel: 2332-7904
Escola de Música Villa-Lobos - Rua Ramalho Ortigão, 9 – Centro - Tel: 2232-6405 / 2224-2116 - De segunda a sexta, das 9h às 19h

Parada Solidária

Os sindicatos e empresas de transporte do também montaram postos para receber doações para as vítimas da tragédia da Região Serrana, no Rio, na Baixada Fluminense , em Niterói e em Petrópolis. Foram colocados ônibus para recolher alimentos, roupas, colchonetes e água. Veja onde os ônibus estarão posicionados, do dia 14 ao dia 21, das 8h às 20h.

No Rio:

Largo da Carioca, Centro
Cinelândia (a partir de 2ª feira, dia 17, em frente à Câmara dos Vereadores)
Terminal Alvorada, Barra da Tijuca (a coleta não será feita em ônibus, mas na Administração)
Ilha do Governador – sede da Sub-Prefeitura em frente ao posto RioCard
Praça General Osório, Ipanema (a partir de sábado, dia 15)

Em Duque de Caxias e Magé:

Terminal Rodoviário Plínio Casado, Duque de Caxias
Terminal Rodoviário do Shopping Center, Duque de Caxias
Rodoviária de Piabetá, Magé
Praça da Prefeitura de Magé

Em Niterói:

Terminal João Goulart (em frente ao posto do Setrerj)

Em Petrópolis:

Sede do Setranspetro – Rua do Imperador, 100 - Centro

COB e Comitê Rio 2016

O posto montado na sede do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Organizador Rio 2016 está recebendo artigos de higiene e limpeza, roupas de cama e banho, alimentos não perecíveis e água mineral. Funciona de 8h às 18h, na Av. das Américas, 899 - Barra da Tijuca.

Legião da Boa Vontade (LBV)

Entidade recolhe e leva doações. Saiba mais em: http://www.lbv.org.br/

Secretaria de Ordem Pública

A Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop) do Rio também está recebendo doações para as vítimas da tragédia na Região Serrana. O material deve ser levado até quarta-feira (19), no Batalhão da Guarda Municipal, na Avenida Pedro II, 111, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio.

Barcas

A concessionária Barcas S.A., com o apoio da Cruz Vermelha, está recolhendo material para ajudar as vítimas das chuvas Região Serrana, como água potável, alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e de higiene pessoal, colchonetes. As doações podem ser feitas até dia 31 de janeiro nas estações.

Praça XV - Praça XV, 21, Centro do Rio
Araribóia - Praça Araribóia, números 6 e 8, Centro, Niterói
Charitas - Avenida Quintino Bocaiúva, s/nº, Charitas, Niterói
Cocotá - Parque Manoel Bandeira, s/nº, Cocotá, Ilha do Governador
Paquetá - Praça Pintor Pedro Bruno, nº 1, Ilha de Paquetá

SuperVia

Itens como alimentos não perecíveis, material de higiene, roupas, dentre outros, podem ser entregues no Balcão de Informações da estação Central do Brasil, que funciona nos dias úteis, das 7h às 17h. O material arrecadado será entregue a ONG Viva Rio que fará a devida distribuição.

Prefeitura de São João de Meriti

A Prefeitura de São João de Meriti está recebendo doações de água potável, roupas, colchonetes, cobertores, material de higiene e alimentos não-perecíveis para as vítimas das chuvas na Região Serrana do Rio. Informação e solicitação de recolhimento pelo telefone 2651-1049.
As doações podem ser entregues de segunda a sexta das 9h às 17h, nos postos abaixo:

Secretaria Municipal de Promoção Social - Avenida Presidente Lincoln, 899- térreo, em Vilar dos Teles
Centro de Assistência Social (Cras) de Éden- Rua Ana Brito da Silva, 2470, em Éden
Centro de Assistência Social (Cras) de Jardim Íris - Rua Copacabana, 50, em Jardim Íris
Centro de Assistência Social (Cras) de Vila São José- Avenida Comendador Teles, 3199, na Vila São José
Centro de Referência Especializada da Assistência Social (Creas) de Vilar dos Teles - Rua Aldenor Ribeiro, 125, sala 02-Shopping dos Jeans
CET-Meriti - Avenida Automóvel Clube, 1785-Parque Jardim Bonifácio
Meriti-Previ- Rua Defensor Público Zilmar Pinaud, 220, em Jardim Meriti

Estabelecimentos comerciais

O grupo de supermercados Pão de Açúcar montou postos de arrecadação em todas as 100 lojas da rede no estado do Rio. As doações podem ser feitas nos estabelecimentos Pão de Açúcar, ABC Compre Bem, Sendas , Extra Supermercados e Assaí. De acordo com o grupo, os donativos serão entregues até 26 de janeiro.

O supermercado Zona Sul também aceita doações durante o mês de janeiro em sua unidade Mega Box, localizada na Av. Brasil, 9.561 – Olaria. Quem quiser participar poderá contribuir com alimentos não perecíveis, roupas, sapatos, colchonetes, cobertores ou produtos de higiene. O Mega Box funciona de segunda a sexta, das 7h30m às 21h, e nos domingos e feriados, das 8h às 14h.

As 10 lojas do Carrefour no Rio de Janeiro recebem doações de produtos mais necessários nesse momento à população atingida como alimentos, roupa íntima, produtos de higiene e limpeza e colchões. O material arrecadado será enviado à Cruz Vermelha, que se encarregará da distribuição às vítimas.

A rede de drogarias Tamoio recebe doações em todas as suas 42 lojas.

Toque a Campainha

Shopping Grande Rio - Rod. Pres. Dutra 42000 Km4, Loja 218 - São João de Meriti
Niterói - Rua Francisco da Cruz Nunes, 320 - Piratininga
São Gonçalo Shopping - Av. São Gonçalo 100, 1º piso
Shopping Tijuca - Av. Maracanã, 987 sl.2023/25/26
Suburbana - Av. Dom Helder Câmara 5273 - Pilares
Oswaldo Cruz - Rua João Vicente, 741 (em frente à estação)
Inhaúma / Loja de Saldos - Rua José dos Reis 2001 (próximo ao viaduto de Pilares)
Via Parque Shopping - Av. Ayrton Senna 3000, loja 1079, 1º andar - Barra da Tijuca
Recreio - Av. das Américas, 16.225
Jacarepaguá - Av. Geremario Dantas 1393
Botafogo - Rua São Clemente, 23
Copacabana - Rua Barão de Ipanema, 110
Copacabana II - Rua Barata Ribeiro, 334

New

Via Parque Shopping - 2º piso
Botafogo - Rua Voluntários da Pátria, 357
Recreio - Av. das Américas, 16.401 - Loja G
Copacabana - R. Barata Ribeiro, 752 Loja A

Dell Anno

Leblon - Rua Ataulfo de Paiva, 319
Casa Shopping - Av. Ayrton Senna, 2150 bloco B – lojas 101 a 103
Recreio - Av. Das Américas, 16.457
Tijuca - Rua Conde de Bonfim, 85

Maison Design

Av. Ayrton Senna, 2150 - 2º andar Bloco A, lojas 101 e 102

Lojas Renner

Todas as lojas da Renner localizadas no estado do Rio são postos de coleta de roupas e alimentos não perecíveis para ajudar as vítimas das chuvas.


Werner Coiffeur

Todas as 36 unidades do Werner Coiffeur no Rio estão recebendo doações de alimentos não perecíveis, água potável, material de limpeza e de higiene.
NET

A NET iniciou uma campanha nacional de arrecadação de doações. São 84 postos, localizados nas sedes regionais nas sedes da empresa, em todo o Brasil. A arrecadação ocorre até dia 26 de janeiro.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

INFORMATIVO- PROBLEMAS COM E-MAILS DO YAHOO

Graça e paz a todos!
Queremos informar que estamos tendo problemas no envio dos Informativos para endereços de e-mail do "yahoo.com e yahoo.com.br".
Não sabemos a razão de tal problema, talvez estejam entrando como SPAM, mas se esse fosse o caso ocorreria o mesmo com outros domínios, o que não tem ocorrido.
A mensagem que aparece nos e-mails que retornaram é: "Error Type: SMTP- Remote server (67.195.168.230) issued an error. hMailServer sent: Remote server replied: 421 4.7.1 [TS03] All messages from 66.197.241.8 will be permanently deferred; Retrying will NOT succeed. See"
Se você deseja voltar a receber os Informativos semanais, por favor envie-nos um e-mail para missoes@procurandoosperdidos.com informando um novo endereço de e-mail.
Se desejar receber o Informativo Especial de fim de ano, poderemos enviá-lo para esse novo endereço que você nos fornecer.
Estaremos enviando através do e-mail contato@procurandoosperdidos.com para tentar sanar o problema.
O seu envolvimento nesse ministério de intercessão é muito importante. As pessoas podem não vê-lo intercedendo, mas com certeza o Senhor está contemplando e respondendo segundo sua fé e seu amor pelos irmãos e pela Obra redentora de Jesus.
Sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos