domingo, 26 de julho de 2009

Folheto "Procurando os Perdidos"

Graça e paz a todos.
O "Procurando os Perdidos" agora tem um folheto evangelistico.
Há cerca de um mês começamos a distribuir o folheto abaixo.
O seu tamanho é a metade um uma folha de papel sulfite modelo A4, impressa frente e verso.
Pela graça de Deus ele tem sido aceito por uma grande parte dos que o receberam e algumas pessoas, mesmo não sendo evangélicas o solicitaram para distribuir em seus comércios, outras o usaram em mensagens evangelisticas em suas Igrejas.
Ele tem sido distribuido de várias formas: restaurantes, hotéis, pedágios, postos de combustíveis, barracas de beira de estrada, etc.
Sigamos o conselho do apóstolo Paulo a seu discípulo Timóteo:

"Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino: prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina. Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas. Tu, porém, sê sóbrio em todas as coisas, suporta as aflições, faze o trabalho de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério." (2Timóteo 4.1-5)

Caso haja interesse por parte de algum irmão que queira nos ajudar na sua distribuição, por favor deixe seu comentário com os dados de sua Igreja com e-mail e enviaremos o mesmo com os seus dados em arquivo PDF.
Orem para que possamos alcançar nosso objetivo: resgatar os que estão se perdendo sem Cristo.
Antonio Carlos

Procurando os perdidos!!


E disse Jesus: “Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.” (Lucas 19.10)
Desde a antiguidade o homem sente a necessidade da proteção de um Ser superior.
Todas as civilizações antigas tiveram os seus deuses. Adoravam-nos, cultuavam-nos, sacrificavam, em muitos de seus rituais, até mesmo seus entes queridos.
Sob a orientação desses deuses, promoviam guerras de conquista ou consultavam-nos antes de tomarem qualquer decisão importante.
Aprouve a Deus poupar um homem, Noé, juntamente com seus familiares para que um novo mundo, com uma nova mentalidade fosse implantado na terra. Um mundo aonde a presença de Deus fosse o fator mais importante.
Deus sabia que o homem era um pecador contumaz e desde o pecado original, gerados pela desobediência de Adão e Eva, a perversidade tomou conta do seu coração. Deus sabia que este mesmo homem continuaria se pervertendo, por isso resolveu enviar Seu próprio Filho, Jesus Cristo, para resgatá-lo e aproximá-lo de seu Criador, a fim de demonstrar todo o seu amor.
Em nossos dias, muitos tentam esta aproximação através das diversas doutrinas criadas pelo próprio homem e pelas manifestações exteriores que não nos conduzem a Deus, mas ao contrário, nos afastam dEle.
Pensam alguns, que, através da consulta de pirâmides ou de cristais, manipulação de fórmulas mágicas, exteriorização de palavras especiais,
meditação transcendental em busca do estado alfa, cartas de tarô, recitação de mantras religiosas, mandingas e amuletos de toda espécie, oferendas ou despachos nas encruzilhadas e cemitérios, consulta de espíritos dos mortos nos centros espíritas, etc., conseguirão se aproximar de Deus, mas a Bíblia nos mostra na carta do apóstolo Paulo, endereçada aos Efésios algumas maneiras pelas quais o Senhor Jesus vem a esse mundo procurar os que ainda se encontram perdidos nessas e em outras práticas para resgatá-los e aproximá-los de Deus.
1º- Por quê Deus, na pessoa de Jesus Cristo vem em busca dos perdidos?
a) porque o pecado nos distanciou dEle.
Não seria possível que no estado em que o homem se encontrava a partir do pecado da desobediência registrado na Bíblia em Gênesis 3.23,24, e encontra-se ainda hoje, que ele continuasse a chegar à presença de Deus como acontecera até então, pois o pecado fez e ainda faz separação entre nós seres humanos e Deus, e para que esse relacionamento pudesse ser restabelecido seria necessário que Deus providenciasse os meios para que isso ocorresse.
Essa reconciliação não poderia partir do homem, teria que ter origem no próprio Deus.
b) porque necessitamos da proteção divina.
Estamos desgarrados das mãos de Deus. Estamos vivendo continuamente em nossos delitos e pecados. (Efésios 2.1)
A Palavra de Deus, a Bíblia, diz que o mundo no qual vivemos está morto no maligno (diabo) (1 João 5.19) e que o salário do pecado é a própria morte espiritual. (Romanos 6.23)
Vivemos neste mundo e apesar de nos sentirmos fortes somos incapazes de nos levantar sozinhos, somos arrogantes, ciumentos e desprezamos os avisos divinos. (Juízes 8.1-3)
Buscamos consolo nas farras, nas bebedices, nos desvios sexuais de toda espécie. Queremos satisfazer nossos prazeres carnais, na esperança de que em assim agindo teremos ao menos alguns momentos de paz e de alegria. Puro engano. Se assim pensarmos enganaremos a nós mesmos.
Diz a Palavra de Deus, a Bíblia, em Gálatas 5.19-21 quais são os frutos da carne: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.” “Não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam”
E por que não herdarão?
Porque esse tipo de comportamento nos afasta de Deus, porque o nosso Deus é Santo e não pode ter comunhão com quem pratica esses atos.
2º- Como Deus, na pessoa de Jesus Cristo pode resgatar os perdidos?
a) libertando-nos do pecado e das garras do diabo .
Dando-nos a liberdade e a oportunidade de escolher se queremos ou não ser resgatados por Jesus e nos aproximarmos de Deus. Na Bíblia, em Romanos 10.9,10 diz: “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação.”
b) pelo precioso Sangue de Jesus derramado na Cruz do Calvário.
Para reatar o relacionamento conosco, Deus, pelo Seu infinito amor, entregou seu próprio Filho para morrer pelos nossos pecados. O sangue de Jesus derramado na Cruz do Calvário deu-nos a oportunidade de nos voltarmos a Deus.
Sacrifícios humanos ou de animais não foram suficientes para fazer com que nos aproximássemos de Deus. Foi necessário que Jesus se entregasse espontaneamente e morresse pelos nossos pecados para que pudéssemos novamente ter acesso à presença de nosso Pai Celestial. (Hebreus 9.11-15)
3º- Para que Deus, na pessoa de Jesus Cristo quer resgatar os perdidos?
a) para que tenhamos intimidade com Ele.
João 1.12,13 diz que: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.”
b) para sermos um com Ele.
Deus não quer separação entre nós e Ele, nem faz Ele acepção de pessoas.
Em Atos 10.34, a Bíblia nos ensina que O Espírito Santo de Deus habita em nós.
c) para sermos Suas testemunhas.
Em Atos 1.8 a Bíblia diz que devemos ser testemunhas do amor e da manifestação de Deus em nossas vidas.
Somos portadores de vida não de morte. Vivemos a expectativa de milagres que se realizem em nossas vidas e na de todos que se entreguem a Jesus.
Se você que está lendo esse folheto ainda não entregou a sua vida nas mãos de Jesus eu quero lhe fazer um convite.
Nesse exato momento você pode ser resgatado por Deus na pessoa de Jesus Cristo.
Entregue o seu coração a Jesus e deixe que Ele cuide de você e dirija seus passos. Confie nEle. Ele é Fiel para cumprir Sua Palavra. Nele podemos confiar sempre, pois Ele se entregou para morrer naquela cruz pelos nossos pecados, para que eu e você tivéssemos, ao reconhecer nesse ato de tão grande amor, a oportunidade de vermos os nossos pecados perdoados e o direito de vivermos eternamente em Sua companhia.
Faça essa oração comigo e creia que Ele cuidará de você e dos seus.
Senhor Jesus, eu creio de todo o meu coração, que és o Filho de Deus, que veio a esse mundo e que foi morto na Cruz do Calvário para resgatar os meus pecados. Eu reconheço que sou pecador e peço perdão a Ti pelos meus pecados. Senhor Jesus eu o reconheço como meu Salvador pessoal e quero morar nos céus com o Senhor. Toma conta de mim, dirige os meus passos e me batiza com Teu Espírito Santo para que eu possa testemunhar desse Teu infinito amor por mim. Eu Te agradeço por me receber e me dar o direito de ser chamado filho de Deus e morar com o Senhor por toda a eternidade. Amém
Se necessitar de ajuda espiritual ou alguma informação complementar, por favor comunique-se conosco ou visite nossos blogs e deixe seu recado:

http://procurandoosperdidos.blogspot.com

http://ibraguadavida.blogspot.com
Igreja Batista Renovada Água da Vida
Rua Humberto Bortolo, nº 210- Bortolândia- São Paulo – SP.
Fone (11) 2953-7856- Pr Omar Bianchi
Segundas- Culto de Oração às 20h00
Quintas- Estudo Bíblico e Oração às 20h00
Sábados- Reunião Jovens às 19h00
Domingos:
Escola Bíblica Dominical com classes para várias faixas etárias: das 9h30 às 11h00
Culto à noite: 19h00

Folheto Procurando os Perdidos

Graça e paz a todos.
O "Procurando os Perdidos" agora tem um folheto evangelistico.
Há cerca de um mês começamos a distribuir o folheto abaixo.
O seu tamanho é a metade um uma folha de papel sulfite modelo A4, impressa frente e verso.
Pela graça de Deus ele tem sido aceito por uma grande parte dos que o receberam e algumas pessoas, mesmo não sendo evangélicas o solicitaram para distribuir em seus comércios, outras o usaram em mensagens evangelisticas em suas Igrejas.
Ele tem sido distribuido de várias formas: restaurantes, hotéis, pedágios, postos de combustíveis, barracas de beira de estrada, etc.
Sigamos o conselho do apóstolo Paulo a seu discípulo Timóteo:
"Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino: prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina. Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas. Tu, porém, sê sóbrio em todas as coisas, suporta as aflições, faze o trabalho de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério." (2Timóteo 4.1-5)
Caso haja interesse por parte de algum irmão que queira nos ajudar na sua distribuição, por favor deixe seu comentário com os dados de sua Igreja com e-mail e enviaremos o mesmo com os seus dados em arquivo PDF.
Orem para que possamos alcançar nosso objetivo: resgatar os que estão se perdendo sem Cristo.
Antonio Carlos

Procurando os perdidos!!


E disse Jesus: “Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.” (Lucas 19.10)
Desde a antiguidade o homem sente a necessidade da proteção de um Ser superior.
Todas as civilizações antigas tiveram os seus deuses. Adoravam-nos, cultuavam-nos, sacrificavam, em muitos de seus rituais, até mesmo seus entes queridos.
Sob a orientação desses deuses, promoviam guerras de conquista ou consultavam-nos antes de tomarem qualquer decisão importante.
Aprouve a Deus poupar um homem, Noé, juntamente com seus familiares para que um novo mundo, com uma nova mentalidade fosse implantado na terra. Um mundo aonde a presença de Deus fosse o fator mais importante.
Deus sabia que o homem era um pecador contumaz e desde o pecado original, gerados pela desobediência de Adão e Eva, a perversidade tomou conta do seu coração. Deus sabia que este mesmo homem continuaria se pervertendo, por isso resolveu enviar Seu próprio Filho, Jesus Cristo, para resgatá-lo e aproximá-lo de seu Criador, a fim de demonstrar todo o seu amor.
Em nossos dias, muitos tentam esta aproximação através das diversas doutrinas criadas pelo próprio homem e pelas manifestações exteriores que não nos conduzem a Deus, mas ao contrário, nos afastam dEle.
Pensam alguns, que, através da consulta de pirâmides ou de cristais, manipulação de fórmulas mágicas, exteriorização de palavras especiais,
meditação transcendental em busca do estado alfa, cartas de tarô, recitação de mantras religiosas, mandingas e amuletos de toda espécie, oferendas ou despachos nas encruzilhadas e cemitérios, consulta de espíritos dos mortos nos centros espíritas, etc., conseguirão se aproximar de Deus, mas a Bíblia nos mostra na carta do apóstolo Paulo, endereçada aos Efésios algumas maneiras pelas quais o Senhor Jesus vem a esse mundo procurar os que ainda se encontram perdidos nessas e em outras práticas para resgatá-los e aproximá-los de Deus.
1º- Por quê Deus, na pessoa de Jesus Cristo vem em busca dos perdidos?
a) porque o pecado nos distanciou dEle.
Não seria possível que no estado em que o homem se encontrava a partir do pecado da desobediência registrado na Bíblia em Gênesis 3.23,24, e encontra-se ainda hoje, que ele continuasse a chegar à presença de Deus como acontecera até então, pois o pecado fez e ainda faz separação entre nós seres humanos e Deus, e para que esse relacionamento pudesse ser restabelecido seria necessário que Deus providenciasse os meios para que isso ocorresse.
Essa reconciliação não poderia partir do homem, teria que ter origem no próprio Deus.
b) porque necessitamos da proteção divina.
Estamos desgarrados das mãos de Deus. Estamos vivendo continuamente em nossos delitos e pecados. (Efésios 2.1)
A Palavra de Deus, a Bíblia, diz que o mundo no qual vivemos está morto no maligno (diabo) (1 João 5.19) e que o salário do pecado é a própria morte espiritual. (Romanos 6.23)
Vivemos neste mundo e apesar de nos sentirmos fortes somos incapazes de nos levantar sozinhos, somos arrogantes, ciumentos e desprezamos os avisos divinos. (Juízes 8.1-3)
Buscamos consolo nas farras, nas bebedices, nos desvios sexuais de toda espécie. Queremos satisfazer nossos prazeres carnais, na esperança de que em assim agindo teremos ao menos alguns momentos de paz e de alegria. Puro engano. Se assim pensarmos enganaremos a nós mesmos.
Diz a Palavra de Deus, a Bíblia, em Gálatas 5.19-21 quais são os frutos da carne: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.” “Não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam”
E por que não herdarão? Porque esse tipo de comportamento nos afasta de Deus, porque o nosso Deus é Santo e não pode ter comunhão com quem pratica esses atos.
2º- Como Deus, na pessoa de Jesus Cristo pode resgatar os perdidos?
a) libertando-nos do pecado e das garras do diabo .
Dando-nos a liberdade e a oportunidade de escolher se queremos ou não ser resgatados por Jesus e nos aproximarmos de Deus. Na Bíblia, em Romanos 10.9,10 diz: “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação.”
b) pelo precioso Sangue de Jesus derramado na Cruz do Calvário.

Para reatar o relacionamento conosco, Deus, pelo Seu infinito amor, entregou seu próprio Filho para morrer pelos nossos pecados. O sangue de Jesus derramado na Cruz do Calvário deu-nos a oportunidade de nos voltarmos a Deus.
Sacrifícios humanos ou de animais não foram suficientes para fazer com que nos aproximássemos de Deus. Foi necessário que Jesus se entregasse espontaneamente e morresse pelos nossos pecados para que pudéssemos novamente ter acesso à presença de nosso Pai Celestial. (Hebreus 9.11-15)
3º- Para que Deus, na pessoa de Jesus Cristo quer resgatar os perdidos?
a) para que tenhamos intimidade com Ele.
João 1.12,13
diz que: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.”
b) para sermos um com Ele.

Deus não quer separação entre nós e Ele, nem faz Ele acepção de pessoas.
Em Atos 10.34, a Bíblia nos ensina que O Espírito Santo de Deus habita em nós.
c) para sermos Suas testemunhas.
Em Atos 1.8 a Bíblia diz que devemos ser testemunhas do amor e da manifestação de Deus em nossas vidas.
Somos portadores de vida não de morte. Vivemos a expectativa de milagres que se realizem em nossas vidas e na de todos que se entreguem a Jesus.
Se você que está lendo esse folheto ainda não entregou a sua vida nas mãos de Jesus eu quero lhe fazer um convite.
Nesse exato momento você pode ser resgatado por Deus na pessoa de Jesus Cristo.
Entregue o seu coração a Jesus e deixe que Ele cuide de você e dirija seus passos. Confie nEle. Ele é Fiel para cumprir Sua Palavra. Nele podemos confiar sempre, pois Ele se entregou para morrer naquela cruz pelos nossos pecados, para que eu e você tivéssemos, ao reconhecer nesse ato de tão grande amor, a oportunidade de vermos os nossos pecados perdoados e o direito de vivermos eternamente em Sua companhia.
Faça essa oração comigo e creia que Ele cuidará de você e dos seus.
Senhor Jesus, eu creio de todo o meu coração, que és o Filho de Deus, que veio a esse mundo e que foi morto na Cruz do Calvário para resgatar os meus pecados. Eu reconheço que sou pecador e peço perdão a Ti pelos meus pecados. Senhor Jesus eu o reconheço como meu Salvador pessoal e quero morar nos céus com o Senhor. Toma conta de mim, dirige os meus passos e me batiza com Teu Espírito Santo para que eu possa testemunhar desse Teu infinito amor por mim. Eu Te agradeço por me receber e me dar o direito de ser chamado filho de Deus e morar com o Senhor por toda a eternidade. Amém
Se necessitar de ajuda espiritual ou alguma informação complementar, por favor comunique-se conosco ou visite nossos blogs e deixe seu recado:
http://ibraguadavida.blogspot.com/
Igreja Batista Renovada Água da Vida

Rua Humberto Bortolo, nº 210- Bortolândia- São Paulo – SP.
Fone (11) 2953-7856- Pr Omar Bianchi
Segundas- Culto de Oração às 20h00
Quintas- Estudo Bíblico e Oração às 20h00
Sábados- Reunião Jovens às 19h00
Domingos:
Escola Bíblica Dominical
com classes para várias faixas etárias: das 9h30 às 11h00
Culto à noite: 19h00

terça-feira, 7 de julho de 2009

POR QUE PROCURANDO OS PERDIDOS?



Algumas pessoas, não temos como saber se irmãos em Cristo ou não, têm comentado comigo o porquê do blog “Procurando os Perdidos” não postar artigos que não estejam relacionados a evangelismo ou a edificação do Corpo de Cristo.
Entendo que esse tipo de comentário tem o objetivo de fazer com que o blog seja mais acessado e dessa forma alcance muito mais pessoas.
Gostaria de deixar aqui o meu agradecimento pelos comentários desses irmãos e amigos, mas o blog “Procurando os Perdidos” não nasceu do desejo de fazer com que o meu nome se projetasse, mas cremos que ele nasceu no coração de Deus para, como diz o nome, procurar e alcançar os perdidos e reconduzi-los a Deus.
Fico olhando para esse mundo no qual vivemos e para essa babilônia na qual se transformou muitas das igrejas ditas evangélicas, com suas mensagens de prosperidade, unções as mais variadas (novíssimas), disputas pelos melhores lugares, disputas por títulos que nada significam, e ao mesmo tempo olho para as pessoas que estão vagando por esse mundo sem nenhuma esperança no dia de amanhã e não tenho dúvidas de que o caminho a seguir é o de pregar a Palavra de Deus a tempo ou fora de tempo. A divulgação do blog é feita por aqueles que têm a mesma visão que a nossa, ou seja: evangelismo e edificação do Corpo de Cristo.
Muitos poderão dizer: “mas não seria melhor denunciar tudo o que está acontecendo?”. Concordo que essas aberrações ditas evangélicas devam ser denunciadas, mas há que custo eu pergunto? Será que quando um incrédulo se depara com essas denúncias feitas pelos próprios evangélicos eles terão o desejo de conhecerem o Jesus que eles dizem servir? Não acredito que isso aconteça.
Quero dizer que não sou contra os irmãos que postam esses comentários em seus blogs, apenas quero dizer que esse não é o objetivo do “Procurando os perdidos”.
Não são poucos os irmãos que conversando comigo estranham a maneira pela qual entendemos que a Palavra de Deus não nos garante essa parafernália de “bênção” materiais que pseudos pastores têm pregado aos quatro cantos desse país.
Vamos deixar claro que creio que o Senhor abençoa os que a Ele se achegam e que pode curar toda e qualquer enfermidade, mas não creio nessa prosperidade que se prega por aí na qual TODO CRENTE tem que ser bem-sucedido financeiramente, nem nessas curas por atacado que acontecem e são divulgadas pela mídia, onde apenas o tocar no suor da vaidade humana fará com que a enfermidade desapareça.
Quando, pela misericórdia de Deus, fui alcançado pelo Seu amor infinito e reconheci ao Senhor Jesus como meu Salvador pessoal, entendi que a minha função no reino era a pregação pura da Palavra de Deus como ela é e não como as pessoas gostariam de ouvi-la.
Enquanto milhões de pessoas, entre elas muitos são nossos próprios parentes, estão indo diretamente para o inferno porque não conhecem nada acerca da Salvação em Jesus Cristo, esses enganadores de plantão que se dizem “homens de Deus” estão extorquindo não somente o dinheiro dos incautos, mas estão roubando a própria salvação dessas almas, na medida em que não levam a verdadeira Palavra de Deus aos incrédulos, mas levam um evangelho mentiroso que promete facilidades de toda espécie no mundo em que vivemos.
De Deus não se zomba.
Dessa forma, agradecemos aos amados irmãos e amigos que, no intuito de nos ajudar na divulgação do blog nos têm sugerido uma mudança no foco dos artigos, mas preferimos ficar naquilo que o Senhor nos chamou: alcançar os perdidos e reconduzi-los ao aprisco do Bom Pastor, Jesus Cristo.
E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, disse o Senhor.
Não preciso apontar a mentira para mostrar a verdade, creio que basta ensinar a verdade e por si só a mentira será desmascarada.
Quando me perguntam o que eu "acho" da igreja tal ou do "pastor" tal, eu simplesmente comento o que eles deveriam pregar como se eles assim o fizessem, e a própria pessoa que perguntou chega a conclusão de que o que está sendo ensinado na referida "igreja" ou pelo referido "pastor" não condiz com que a Palavra de Deus ensina. Não preciso atacar o que eles fazem, apenas mostro a verdade.
Por essa razão estabelecemos os objetivos do blog, que são:
1- Glorificar e exaltar o nome do nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO.
2- Postar mensagens e artigos que conscientizem os pecadores da necessidade de alcançarem a salvação através do reconhecimento de JESUS CRISTO como Único e Suficiente Salvador de suas almas.
3- Postar mensagens e artigos que nos ajudem a conhecermos a Palavra de Deus como Ela é, SEM INVENÇÕES OU INTERPRETAÇÕES ISOLADAS, e a nos tornarmos cristãos melhores a cada dia.
E estabelecemos também o que não deveria fazer parte do mesmo:

1- Por discussões teológicas INÚTEIS E VAZIAS que não objetivem levar o pecador a se conscientizar da necessidade da salvação em JESUS CRISTO
2- Por glorificação ou exaltação pessoal.

Se apenas uma alma se converter através das mensagens aqui postadas já me darei por satisfeito e renderei glórias a Deus, porque pode ser que essa única alma se transformará num verdadeiro homem ou mulher de Deus que conduzirá muitos a Jesus.
Sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos,
aprendiz de servo.