quarta-feira, 1 de maio de 2019

INFORMATIVO PROCURANDO OS PERDIDOS - ANO II - NÚMERO 29


CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DO INFORMATIVO EM PDF


Carta ao leitor
Graça e paz!
A partir desta edição o Informativo passará a ser mensal. Algumas alterações foram feitas para facilitar o envolvimento de todos em prol da intercessão pela Igreja Perseguida. As informações sobre os motivos de oração e as informações dos países ficaram menores, por isso disponibilizamos o link para aqueles que desejarem acessar as informações completas no site da Missão Portas Abertas.
Comunhão no Corpo de Cristo!
Ao lermos as narrativas bíblicas acerca do início da igreja cristã, percebemos claramente que apesar de iniciar-se muitas vezes na evangelização individual, esta conduzia os novos convertidos a venderem tudo o que tinham e a colocarem aos pés dos apóstolos os recursos financeiros alcançados para que fossem utilizados na expansão do Reino de Deus e com isso alcançar mais almas para o Senhor.
De posse da salvação de suas almas, esses convertidos permaneciam unidos, congregando em um local comum, que normalmente era a casa. Isso mostra a importância do templo físico para que essa comunhão se estabeleça.
Ultimamente, todavia, uma nova geração de convertidos (novos e antigos) parece não concordar com a importância de se congregar em um templo físico: a igreja.
Alegam que não o fazem por discordarem de seus métodos e procuram justificar esse distanciamento da igreja, dizendo que continuam tão ou mais crentes do que no período em que lá congregavam e que não precisam estar em um local fechado com seus rituais eclesiásticos para demonstrarem seu amor e comunhão com Deus. São os chamados “desigrejados”
            Na “Matéria de Capa” dessa Edição com o título “Os desigrejados: a fé sem templo!”, veremos a opinião de dois líderes cristãos sobre o assunto. Ao final damos nossa sincera opinião que pode ou não ser a mais correta, mas demonstra o que entendemos sobre esse movimento que acaba invariavelmente criando mais um contingente de desviados do que de fervorosos cristãos.
            Na seção “Testemunho Cristão”, reeditamos a experiência do irmão André, fundador da Missão Portas Abertas que no dia 11 de maio completará 91 anos e merece todas as nossas orações e agradecimentos pelo trabalho desenvolvido ao longo de todos esses anos em prol dos irmãos da Igreja Perseguida e das vidas que são alcançadas em países onde não se pode pregar livremente o Evangelho.
Na “Reflexão da Semana” com o título: “Vale a pena ganhar o mundo?” veremos que muitas vezes ao nos deixarmos arrastar pelos desejos de sucesso que o mundo nos apresenta acabamos nos distanciando de nosso verdadeiro propósito neste mundo: buscar a Deus em primeiro lugar.
Não deixe de interceder pela Igreja Perseguida, pelos Povos não alcançados, pelos missionários e demais pedidos que são mencionados em nossos Pedidos permanentes de oração.
Coloquemo-nos na brecha e não sejamos como os negligentes mencionados em Ezequiel 22.30: “Busquei entre eles um homem que tapasse o muro e se colocasse na brecha perante mim, a favor desta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei.”.
O seu envolvimento nesse ministério de intercessão é muito importante. As pessoas podem não vê-lo intercedendo, mas com certeza o Senhor estará contemplando e respondendo segundo a sua fé e seu amor pelos irmãos e pela Obra redentora de Jesus.
Que o Senhor conceda a paz de que tanto necessitamos para colocarmos em prática as tarefas que Ele confiou a cada um de nós. Que haja harmonia em seus lares e ministérios.
Que o Senhor lhes conceda sabedoria e entendimento em todas as coisas, para que através de suas vidas e ministérios o nome do Senhor seja exaltado e glorificado.
Sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos, aprendiz de servo.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário