segunda-feira, 15 de julho de 2019

MISSIONÁRIOS JAMI - JOHNY AMORIM - TIMOR LESTE - JULHO/2019




Timor Leste – Ásia
Olá, queridos irmãos, é com muita alegria que eu lhes escrevo, pela primeira vez, desde que cheguei à Ásia. Em meados de março viajei para Timor Leste acompanhado do Pr. Ronald Carvalho (Secretário Executivo da JAMI) para assumir a direção do Centro Shallom. Deus tem me dado uma oportunidade única de liderar um projeto lindo e grandioso e essa experiência está sendo marcante em minha vida e ministério. Tenho aprendido muito com o povo timorense; eles são bastante cordiais, sempre pedem licença antes de falar algo, são bem formais no trato, no vestir e na comunicação. Estou gostando muito.

Notícias do País
Timor Leste é considerado o país mais jovem do mundo devido à sua independência da Indonésia em 2002; os idiomas oficiais do país são o Tetum e o Português, mas existem no país mais de 13 dialetos, sendo que cada distrito tem seu próprio idioma, o que dificulta a comunicação; são poucas as pessoas que falam português. O número de evangélicos não passa de 3 % da população. O desafio da evangelização é grande no país.

Notícias da Escola
O Centro Shallom é uma escola muito grande. Hoje contamos com 564 alunos e 54 funcionários, com mais de 18 anos de existência. Tem sido uma bênção no país, ajudando no desenvolvimento e formação do povo timorense. Temos professores e funcionários que foram alunos desta escola e, hoje, trabalham conosco como educadores. Com isso vemos a importância da escola na vida da comunidade como agente de mudança. Mais que a contribuição pedagógica, o Centro Shallom tem sido também uma ferramenta para levar a Palavra de Deus para os nossos alunos e funcionários. Nossas atividades – A escola atende alunos do ensino infantil (pré-primária) até o ensino fundamental (9º ano). Somos uma escola declaradamente confessional e, por isso, temos devocionais diariamente com os nossos alunos e funcionários. Com isso a escola também tem sido uma “base missionária” para manifestar o amor de Deus em palavras, obras e serviço.
Notícias do Missionário
Estou bem, graças a Deus. O primeiro mês foi muito difícil, a adaptação com o fuso horário (são 12 horas de diferença do Brasil. Por ex.: 12 horas no Brasil, meia-noite no Timor Leste) e outras coisas. Nos primeiros dias eu acordava de madrugada com fome e de dia tinha muito sono, mas agora estou entrando no meu 4º mês e já me sinto melhor em relação ao clima, ao fuso horário e à comida. Já estou me esforçando para aprender o “Tetum”, tenho aulas 3 vezes por semana e já consigo falar algumas palavras e formar pequenas frases; os professores e alunos da escola sempre me ajudam a praticar, tem sido uma experiência muito boa e também muito engraçado.
Desafios e Oportunidades no Timor Leste
A moeda do país é o dólar, e o custo de vida aqui é bem alto comparado com nossa realidade no Brasil. Eu ainda não tenho o sustento completo para meus gastos pessoais, por isso preciso de parceiros para completar o que falta. A saúde pública no país é bem precária, e o estrangeiro precisa de um plano de saúde para qualquer eventualidade. Eu ainda não pude fazer este plano por falta de recursos. O Centro Shallom sobrevive de ofertas de pessoas e igrejas que amam o Senhor. Temos alguns parceiros de Singapura e Austrália mas ainda não é o suficiente para atender a demanda de gastos com pagamento de funcionários, merenda dos alunos e outras despesas inerentes ao funcionamento de uma escola. Precisamos de mais colaboradores parceiros! Muitos dos nossos alunos só têm uma refeição diária, a que a escola fornece. Queremos melhorar e ampliar o nosso atendimento no Centro Shallom que, além da parte pedagógica e missionária, também faz a parte social que acolhe, ensina e alimenta essas crianças em condições de vulnerabilidade. Para participar da Adoção Missionária, entre em contato com a JAMI para facilitar a parceria.

Motivos de Louvor
Ø Pelo visto que saiu no tempo determinado;
Ø Por saúde física, emocional, mental e espiritual.

Motivos de Oração
Ø Pelo aprendizado do idioma;
Ø Pelos alunos e funcionários do Centro Shallom;
Ø Por recursos financeiros para o projeto Shallom TL e para o missionário Johny;
Ø Pela JAMI, sua liderança no Brasil, e por seus missionários que estão nos campos do Senhor.
Obrigado a todos vocês pelas orações e contribuições. Juntos seguiremos levando o Evangelho de Cristo até os confins da terra, e, hoje, eu estou literalmente “nos confins”, com alegria e satisfação por servir a Jesus.

Miss. Johny Amorim
johnyamorim@yahoo.com.br / Facebook / Instagram


Nenhum comentário:

Postar um comentário